The Bicycle Tree

Era uma vez um jovem escocês, de linda tez, que jogava xadrez e … Ok, eu não sei se ele jogava xadrez e nem como era a pele dele. Também não sei o nome dele mas, para fins literários desta história, vamos chamá-lo de John MacBike.

John levava uma vida pacata nos arredores do igualmente pacato vilarejo de Brig O’Turk, que fica dentro do Parque Nacional do Loch Lomond e Trossachs. O que significa que, quando John saía por aí com sua bicicleta, lá no início do século passado, ele provavelmente passava por paisagens assim:

Fonte: The Telegraph

Fonte: www.scotlandsbestbandbs.co.uk

Não é o nosso John, mas poderia ser.

Mas as pedaladas pitorescas deste escocês chegaram ao fim quando ele foi convocado para lutar na Primeira Guerra Mundial. John não teve dúvidas: apoiou sua bicicleta em uma figueira, perto da oficina de um velho ferreiro, e foi cumprir seu dever. Só que John nunca mais voltou. E a bicicleta? Ficou ali, esperando seu dono voltar, enquanto a árvore – esta desalmada – a tomou para si:

Além da bicicleta de John, existem outros metais presos ali também, como uma âncora e uma freio de cavalo. Acredita-se que sejam descartes da oficina de ferreiro que fica quase ao lado (aparece na foto acima).  A árvore é protegida e não está sinalizada. Bati essas fotos no verão, quando acampei na região, e só fiquei sabendo desta história e deste lugar porque estava acompanhada de uma amiga que é a guia mais conhecedora de histórias incríveis da Escócia que conheço e que já me mostrou uma porção de lugares lindos e fora dos circuitos normais de turismo por aqui. E aí eu fiquei aqui pensando: que diferença que faz, né? Você ir pra outro país e simplesmente sair por aí olhando pros lados e lendo as plaquinhas das atrações que encontra pelo caminho… ou você ter a companhia e a orientação de pessoas que sabem te mostrar aquilo que você jamais descobriria sozinho.

E não, este não é um post patrocinado, é uma recomendação pessoal mesmo, de tours que eu conheço e sei que valem muito. E eu jamais teria conhecido a Bycicle Tree (e tantos outros lugares e coisas que ainda vou mostrar aqui no blog) se não fosse pela Wee Scotia Tours. 😊🙏

Anteriores

Burns Night

  1. Janah

    Amei, a estória e as belíssimas paisagens !!
    Eu AMO a Escócia, mesmo sem conhecê-la. Acho que tive um passado remoto por aí!!
    Rssss …
    Parabéns pelo post !!

Deixe uma resposta

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén