F.A.Q. Vida na Escócia – Morar / Estudar / Trabalhar

Como morar ou estudar na Escócia legalmente?

A Escócia faz parte do Reino Unido, então as regras de imigração são as mesmas da Inglaterra. Fiz um post explicando os tipos de visto possíveis: (clique em cima para abrir)

Como vir para a Escócia

É difícil conseguir um emprego?

Essa é uma questão bem difícil de responder porque, como em todo lugar do mundo, a qualificação, experiência e sorte da pessoa contam muito. Eu acrescentaria, no caso da Escócia em específico, fluência em inglês e experiência internacional também, porque são coisas que facilitam bastante. Depende também da área de atuação, algumas estão mais em alta, outras menos.

Em uma resposta curta, entretanto, eu diria que é difícil sim conseguir um emprego. E digo isso porque a maioria das pessoas que me faz essa pergunta tem em mente um comparativo com Londres, por ex. Aqui é mais difícil porque é um país menos povoado, de cidades menores. E menos gente significa sempre menos oportunidades e, consequentemente, menos empregos. Mas claro que pode ser que a sua vaga perfeita esteja por aqui e você consiga um emprego em uma semana. É tudo muito relativo.

Uma maneira de “sondar” a oferta de empregos e conseguir analisar melhor quais seriam suas chances é acessar sites de emprego daqui, tais como o Glassdoor, o Indeed e o Reed.

Esses sites são de todo o Reino Unido, mas é possível fazer busca por cidade e, assim, conseguir até uma comparação razoável de oportunidades.

Outras leituras que podem ajudar a responder essa pergunta:

Escócia: À procura de emprego.

Escócia: a sua oferta de emprego é legítima?

Como é a oferta de empregos para imigrantes ?

Eu não percebo nenhuma diferença entre a oferta de emprego geral ou “para imigrantes”. Os imigrantes estão em desvantagem, geralmente, pela falta de experiência de trabalho no país, que é bastante valorizada em algumas vagas, ou quando não têm a fluência necessária em inglês. Por outro lado, podem estar em vantagem para vagas onde seja necessária uma segunda língua, por ex, call centres, agências de viagens e hotéis.

Quais as profissões em alta?

Muda muito com o tempo, mas geralmente são as profissões associadas às empresas e serviços principais da Escócia, como finanças, engenharia de petróleo e maquinário, tecnologia de informação, desenvolvimento de softwares e games, etcs. Pessoal da área da saúde também é sempre necessário, embora os trâmites para validação de diplomas possam ser bastante demorados. Conheci um casal de médicos italianos que passou um ano trabalhando em restaurantes, até conseguir validar tudo e achar emprego como médicos em Edimburgo. Mas, de novo, é tudo muito relativo e vai depender da área, situação e sorte de cada um.

Sempre cito a sorte porque acho mesmo que pode ser uma questão de sorte encontrar a vaga perfeita, então não há como prever.

Esse site, da BBC, é bem interessante, porque você coloca sua área profissional nele e ele mostra quais países precisam de profissionais com essa formação.

Como é a receptividade com estrangeiros?

Eu nunca me senti mal-vinda ou hostilizada de qualquer forma, aqui na Escócia. Claro que essa é uma pergunta sem uma resposta absoluta porque talvez alguém tenha tido uma experiência diferente da minha e não concorde, mas eu acho os escoceses muito queridos e abertos. Nunca mesmo eu percebi nenhum tipo de diferença na maneira como sou tratada. Quando muito, ainda levo vantagem, porque se percebem que sou estrangeira, ainda se interessam para saber de onde e puxam conversa.

Já morei nos Estados Unidos e na Inglaterra, e também nunca me senti alvo de preconceito nesses países. De novo, essa é a minha experiência pessoal, e talvez eu tenha sorte. Nós sabemos, pelas notícias, que há sim preconceito e xenofobia, e que existem casos de hostilidade com estrangeiros, mas são isolados e atos de uma minoria. Os britânicos, de modo geral, sempre foram muito abertos a outras culturas, e os escoceses me parecem ainda mais.

Batendo na tecla do “isso é tudo muito relativo” novamente, não há como saber que tipo de pessoa você vai encontrar pela frente, porque almas infelizes existem por todo canto. Tenho uma amiga escocesa que morou uns anos na Inglaterra, e disse que se sentia muito mal, no início, porque algumas pessoas fingiam não entender o que ela falava (por causa do sotaque escocês), e a tratavam com desdém. Ela se sentia muito mais estrangeira lá do que eu me sinto aqui. E mesmo assim ela ama a Inglaterra e está doida pra se mudar de volta pra lá. Então percebam como isso é tudo muito relativo. De novo.

Brasileiros são bem vistos e aceitos como moradores?

De novo, depende muito da pessoa e isso tudo é muito relativo mas o que tenho percebido é que o pessoal aqui tem uma impressão muito boa do Brasil e dos brasileiros, então costumamos ser bem-vindos, sim!

Já fiz alguns inúteis e pequenos testes sobre isso, contei aqui:

Brasil x Portugal: experimento social-antropológico do imaginário escocês.

Como são as escolas/sistema educacional aí?

Eu nunca estudei aqui, mas meu filho tem 4 anos e frequenta a escola primária. Escrevi um artigo contando minhas impressões aqui:

Escócia: educação infantil.

A Daniela, que também mora na Escócia, escreveu 3 outros artigos sobre estudar aqui:

Escócia: dicas para estudantes

Escócia: estudar em uma universidade – parte 1

Escócia: estudar em uma universidade – parte 2

E o  custo de vida! É alto?

Vou deixar a Daniela responder essa por mim também: 😉

Escócia: quanto custa viver aqui.

Como funciona o sistema de saúde?

Pega essa também, Daniela:

Escócia: cuidando da saúde.

Por fim, vale a pena morar na Escócia?

Repito aqui o que sempre digo: não existe lugar perfeito. Se vale a pena ou não sair do Brasil, e morar aqui ou em qualquer outro lugar, isso vai depender de cada pessoa, do estilo de vida e das prioridades individuais. Cada um tem que saber o que é importante para si, quais fatores pesam mais e quais pesam menos na hora de decidir onde morar. Coisas como qualidade de vida, proximidade da família, oportunidades profissionais, tranquilidade, amigos, tudo isso pesa, e muito.

Eu amo morar na Escócia, mas conheço muita gente (tanto estrangeiros quanto escoceses) que não gosta. Porque a verdade é que o lugar ideal é tão diverso quanto as pessoas. E você só vai encontrar o seu depois de se encontrar, sabendo exatamente o que pesa mais na sua balança de vida e o que é importante para você. (Uau, foi profundo isso!  Sessões por Skype disponíveis para terapia casual, entre em contato. 😂)

Tem alguma pergunta que não respondi aqui, ou alguma outra dúvida sobre morar, estudar, trabalhar na Escócia? Me manda por email, comentários, facebook, etcs, farei o possível para responder da melhor forma. 😊

 

Anteriores

Escócia: qual a melhor época para visitar?

Próximo

Highlands: tudo que você queria saber (ou quase tudo).

19 Comentários

  1. oi gente
    gostei muito desse site, parabéns pelo trabalho. 😉

  2. muito bom o seu artigo

  3. Boa noite,

    Estamos engajados a mudar do Brasil e ter uma experiencia que é viver fora do país, conhecer culturas diferentes e também rotinas, estilos de vida diferentes da desorganização que infelizmente temos no Brasil.

    Seu material é muito positivo e nos leva a ter boas impressões dos desafios a enfrentar para alcançar o objetivo de morar fora.

    • Anelise

      Oi Philipe, obrigada!
      Nunca é fácil sair do próprio país, os desafios costumam ser grandes mas, se esse é o objetivo de vocês, tudo vale a pena.
      Obrigada por ler e comentar!

  4. Larissa Santos

    Ola,

    Meu nome é Larissa, sou brasileira de Santa Catarina, moro ha 14 anos em Portugal. Gostaria de saber se o brasileiro tem chances de conseguir um visto por conta propria?
    Adorei o post. Muito esclarecedor.
    Obrigada

  5. Excelente! Obrigado pelas informações, amo morar em Portugal

    • Anelise

      Oi Patrícia, que bom que você gostou. Portugal também é lindo! <3

  6. nathalia

    estou completamente apaixonada por esse site e pela escócia, eu e meu marido estamos querendo ir morar ai ano que vem, estamos tirando a cidadania, eu estou fazendo curso de inglês pq não falo nada, mas esse site esta me ajudando muito, muito mesmo, estou encantada com a sinceridade, clareza, o jeito divertido, parabéns mesmo, ainda tenho muitos artigos pra ler mas ja estou muito feliz ate aqui.

    • Anelise

      Oi Nathalia,
      Que bom que os artigos estão te ajudando, fico feliz! Capricha no inglês mesmo porque é o mais importante! 😉
      Super obrigada por ler e comentar!
      Abraços!

  7. newton garcia margalho

    gostei muito de seu artigo sobre a Escócia, é muito esclarecedor e sincero em alguns aspectos intrigantes para um turista, tipo: relação com o estrangeiro, emprego, empatia… gostei muito mesmo. no momento que o Brasil esta vivendo, a maioria das brasileiros esclarecidos moralmente pensam em trocar de nacionalidade… é uma atitude bem lógica, mas vamos deixar esses problemas pra la. ´parabéns pela pagina.

  8. MONICA LUCAN DE OLIVEIRA

    Oi, sou Artista Plástica. Queria saber se consigo ficar um tempo na Escócia só para pintar a natureza. Falo um pouco de inglês, mas não sou fluente. Eu conseguiria um visto para morar lá?
    Obrigada.

    • Anelise

      Oi Monica!! Com o visto de turista você pode ficar até 6 meses no Reino Unido. Não pode trabalhar formalmente, mas se a intenção é puramente artística, sem pretensões de vínculos empregatícios, acredito que o visto de turista seria suficiente e o modo mais fácil. 🙂
      Obrigada por ler e comentar!

  9. Maria Flavia

    Oi. Adorei o site.
    Será que você pode me ajudar cm algumas dúvidas?
    Como funciona o visto pra quem faz aula de inglês?
    Eu moro em Dublin e tenho visto de estudante entao gostaria de saber se posso morar na Escócia e fazer curso de inglês novamente.
    Muito obrigada

    • Anelise

      Oi Flávia, pode sim, mas você teria que tirar um visto de estudante para o Reino Unido. Ou fazer um curso curto de inglês com visto de turista mesmo, se a duração for curta, é possível!

Deixe uma resposta

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén