Círculos de Pedras e viagens no tempo

Preciso começar este post informando – para quem ainda não sabe – que Craigh na Dun não existe! Foi um lugar inventado pela autora de Outlander. O círculo de pedras foi construído em isopor para as filmagens, em uma colina de Kinnloch Rannoch, em Perthshire (e não em Inverness).

Aliás, se Craigh na Dun existisse mesmo, eu não estaria aqui escrevendo. A julgar pelo sucesso da série e pela quantidade de mulheres loucas para viajar no tempo e encontrar um highlander sósia do Jamie (já aviso que dentes perfeitos serão improváveis), eu estaria agora com uma banquinha montada lá, distribuindo senhas de acesso à pedra principal e fazendo fortuna vendendo antibióticos para as viajantes. Porque é sempre uma má ideia ir para o passado sem uns remedinhos modernos no bolso…

Enfim, vamos acabar de vez com essa ilusão: Craigh na Dun é fake.

Local onde Craig na Dun foi construído para as filmagens de Outlander.

Local onde Craig na Dun foi construído para as filmagens de Outlander.

Mas não se aflijam, pessoas desiludidas com o século XXI, porque existem centenas de outros círculos de pedra por toda a Escócia. E aye, existem muitos mistérios associados a eles. A ideia de viagem no tempo nesses locais não é nova. Histórias antigas falam em distorções perceptivas, perda de memória e acesso a outras dimensões. E afinal, se existem mais coisas entre o céu e a terra do que sonha nossa filosofia, então por que não viajar no tempo?

No final de semana, eu estive na região de Aberdeenshire, que possui uma concentração de círculos de pedra fora do comum. São cerca de 175 registrados, mas como muitos foram destruídos com o tempo, restam uns 100 inteiros. Visitei um que se chama Tyrebagger, e fica perto de Aberdeen. Eu pretendia visitar outros, mas me deparei com alguns contratempos. Aliás, não espere vir para cá visitar círculos de pedra e encontrar uma ordem inglesa, com estacionamento perto ou placas indicando perfeitamente o local… Não, meus amigos, aqui na Terra dos Scots a coisa é na raça mesmo. Quer chegar no círculo? Prepare-se para aventuras.

Pra começar, Aberdeen me recebeu com essa temperatura:

2016-11-20-09-52-39

Imagina no inverno.

Para chegar em Tyrebagger, eu primeiro tive que caminhar uns 30 minutos nessa estrada de chão meio congelada. O acesso de carro era proibido.

2016-11-19-14-56-33

Então imaginem, caminhada no frio, beleza, faz bem pra pele (espero!). Aí tive que virar em outra estrada menor, e no final dela havia um portão fechado.

2016-11-19-14-57-57

E aí eu pulei o portão, claro. E antes que vocês achem que isso foi errado da minha parte, saibam que na Escócia existe o chamado “direito de vagar”, que explicarei em outra ocasião, mas ele basicamente me autoriza a pular portões.

E eis que, voilà, le cercle de pierres:

2016-11-19-15-00-17

2016-11-19-15-04-26

Talvez eu seja apenas uma deslumbrada que acha tudo lindo (como já me disseram), mas gente, é lindoooo!!! Indescritível a emoção que sinto quando estou em lugares assim. A paz, o silêncio, e os 4.000 anos de existência ali, na minha frente. Mas eu tive que sair da minha contemplação arqueológica para fazer O TESTE. Teria este círculo o poder de me transportar no tempo? Minha mente científica quis saber. E eu tentei:

2016-11-20-19-05-57

2016-11-19-15-15-35

Mão vermelha, congelada pelo frio.

Toquei em todas as pedras, abracei algumas, só faltou me jogar no chão de joelhos, erguer as mãos para o céu e gritar “ME LEVEM!!” em gaélico, mas eu lembrei que estava sem antibióticos na bolsa e que também não falava gaélico, então deixei pra lá. Enfim, se a intenção é viajar no tempo, eu acabo de poupá-los de um esforço: podem tirar Tyrebagger da lista.

Um tempo atrás, eu  visitei um outro local que dizem ter inspirado a autora de Outlander, porque fica perto de Inverness e é cheio de histórias estranhas. Se chama Clava Cairn, também tem cerca de 4.000 anos, e é na verdade uma coleção de círculos e de monumentos de pedra.

2016-02-21-13-27-10

Construção central com círculo de pedras ao redor.

2016-02-21-13-24-52

Entrada da construção central.

2016-02-21-13-17-18

Algumas pedras têm inscrições ainda não decifradas.

Esse é considerado um dos locais mais misteriosos da Escócia, com teorias que vão desde viagens por outras dimensões até abduções alienígenas. Muitos turistas também relatam sentir energias estranhas em Clava Cairn.

As histórias antigas dizem que esses locais são de propriedade do mundo espiritual, e que os espíritos se irritam com interferências humanas nos círculos. Um turista belga sentiu essa fúria de perto quando, ao visitar Clava Cairn, resolveu levar uma pedrinha para casa, como lembrança. Um tempo depois, o Escritório de Turismo de Inverness recebeu uma caixa com a pedra e uma carta anônima em que ele contava que a pedra havia amaldiçoado a sua vida e a sua família, em uma série de acontecimentos terríveis que teriam acontecido desde que ele pegou a pedra. Ele não tinha coragem de voltar a Clava Cairn para devolvê-la, e dizia, na carta, “Eu sei que vocês provavelmente estão rindo de mim, mas enquanto riem, vocês podem por favor colocar a pedra de volta no lugar?”

Ou seja, yo no creo en las brujas, pero si las hay, están en Escocia! Pode apostar!😉

Saiba mais:

BBC: As estranhas origens dos círculos de pedras (em inglês).

Ritchie, James. “FOLKLORE OF THE ABERDEENSHIRE STONE CIRCLES AND STANDING STONES.”  Archaeology Data Service. (em inglês)

Notícia sobre o “turista amaldiçoado” de Clava Cairn (em inglês).

Círculos de Pedras

 

 

Anteriores

11 erros históricos de “Coração Valente”

Próximo

Feira de Natal de Edimburgo

  1. Deborah

    Excelente texto! Adorei!

  2. Raquel

    Excelente texto!

  3. Ianara Caleffi

    Que incrível.
    Amei o texto e ri muito também.
    Obrigada por compartilhar.

    • anelise

      Oi Ianara! Que bom que você gostou. Saber que as pessoas gostam me encoraja a continuar contando minhas aventuras escocesas!

  4. Rebecca

    Adorei a matéria. Sonho conhecer a Escócia bem antes da série que só veio para aumentar ainda mais minha vontade.

    *também teria tocado em todas as pedras feito uma louca .

    • Anelise

      Hahahaha, sim, eu toco em todas, nunca se sabe!!!
      Venha conhecer mesmo, a Escócia é apaixonante!

    • Tauana

      Eu mesmaaaaa… um dia o farei

  5. Juliana Venturini

    Como sonho em conhecer a Escócia, fico toda vislumbrada com tanta beleza…

  6. Ana Cristina Ribeiro

    Meu Deus, você é muito divertida! Já amando seu blog

  7. Giovana Lopes

    Adorei! Seu humor é ótimo! Muito obrigada pelas fotos lindas e por nos ter passado as sensações que sentiu ao visitar esses lugares.
    Parece ser uma terra linda! Hei de vistá-la, ainda! Abraços!

    • Anelise

      Oi Giovana!! Obrigada!! Acho que coisas boas e interessantes devem ser compartilhadas, e a Escócia está cheia delas! Que bom que você gostou, e venha mesmo, você vai adorar! Abraços!

  8. Talita A. Fernandes

    Nossa, parece muito interessante visitar os círculos de pedras, apesar de não ter a viagem no tempo, com certeza tem muitas aventuras! Achei esse “direito de vagar” bem interessante hehe. Comecei a assistir e ler Outlander recentemente e achei o post muito legal.
    Abraço.

    • Anelise

      Oi Talita! Obrigada por ler!! 🙂
      O direito de vagar é ótimo, logo faço um post explicando direitinho. Abraços!

  9. Fischer

    Legal, mal posso esperar para tocar nas benditas pedras, e mesmo meu inglês sendo uma porcaria e não sabendo falar nem um oi em gaélico não terei medo de pedir para me levarem hahhha, mas claro que vou levar uma bolsa com o necessário, seria tão magnífico se fosse real, mas estou indo para descobrir caso não seja será um pouco decepcionante

  10. Mariana Santana

    PRECISO tocar nessas pedras!!!! Escócia, que paraíso de lugar. Um dia eu ainda vou pra lá. E eu amei o texto, bem escrito e de um humor ímpar.

    • Anelise

      Oi Mariana, venha sim, a Escócia é linda!! Mas já te adianto que as pedras estão todas pifadas!!! 😉
      Obrigada por ler!!

  11. Camila

    Anelise, compartilho de seu bom humor! Ah! No meu caso além de de fazer todos os movimentos possíveis junto à pedra, acho que até bateria ou mesmo implorava pra que ela me mandasse para a mesma época e com um Jamie muitíssimo parecido(mentira,queria ele…)! Felizarda vc! Enquanto aqui no nordeste , tem lampião de sobra.

    • Anelise

      Oi Camila, essas pedras daqui estão todas pifadas, não adianta!! Rs!!!

  12. Tauana

    Acho que não funcionou pq vc não ouviu o zumbido! Kkkkk ou vc não fez sacrifício humano.

  13. Polyne

    ameiii o texto e senso de humor..
    ja era apaixonada pela Escócia antes mesmo da serie.. agora então meu Deus ! PRECISO JA visitar !

    • Anelise

      Oi Polyne, venha mesmo, a Escócia é apaixonante! <3 Muito obrigada por ler e comentar!! 😀 Beijos!

  14. Cinthia

    Vontade imensa de conhecer a Escócia

    • Anelise

      Oi Cinthia, a Escócia é linda, venha mesmo conhecer. Obrigada por ler! 🙂

  15. Eu jurava que Craigh na Dun eram as Callanish Stone. Que diga-se de passagem são bem difíceis de chegar né?!
    Estava fazendo um roteiro para uma possível viagem para a Escócia e queria conhecer o círculo de pedra da Callanish Stone, mas fica em uma ilha. #chateada

    Mas adorei o post, e quero logo poder conhecer a Escócia!

    Beijos;*

    • Anelise

      Oi Bruna! Pois é, Callanish fica mesmo lá onde Wallace perdeu as botas… rs!! É bem fora de mão, então só se você tiver mesmo mais tempo por aqui. Mas tem outras que ficam por perto das rotas mais turísticas, qualquer hora monto um post listando os mais acessíveis. Obrigada por ler e comentar! 😀 Beijo!

  16. Dora

    Anelise que legal seus comentários e por causa da série eu vou a Escócia em julho. Bjs

  17. Silvia

    Aneliseee…. adorei o texto! A história do turista holandês até já passei adiante! Beijos

    • Anelise

      Obrigada!!! A história do holandês é ótima, adoro!!! 😀 Beijos!!

  18. Celio

    Eu adorei o texto, só fiquei com uma gigantesca dúvida: “direito de vagar”, já pesquisei até, me ajuda?

    • Anelise

      Oi Celio!!! Claro, logo logo sai um post explicando direito o que é isso. Obrigada por me lembrar! 😉

  19. Cristiane

    Olá, agora estou assistindo Outlander pelo Netflix, mas já sou vidrada pela Escócia desde que assisti no cinema em 1986, o filme Highlander e me apaixonei pelo maravilhoso Connor MacLeod do clã MacLeod.
    Devo ter assistido Highlander por volta de umas 20 vezes, no mínimo, tasnto que sabia os diálogos de cor!!
    Um dia, um dia … ainda vou à Escócia!
    Ainda bem que a gente cresce e vai ficando velhinha mas não perde a capacidade de sonhar e sonhar … e se apaixonar pelas lindas histórias que a 7ª arte nos traz.
    Gostei muito de seu texto!

    • Anelise

      Oi Cristiane, obrigada pelo comentário, que bom que você gostou!!! Espero que a gente nunca perca a capacidade de sonhar.

  20. Tamiris

    Adorei esse post! Texto muito bem escrito, ri bastante hahah
    A Escócia parece ser um lugar incrível de se visitar, apesar das temperaturas desencorajadoras. Espero um dia ter a oportunidade!
    Que coragem a sua, ein?! Eu não tocaria nas pedras, vai que esse lance de viagem no tempo funciona mesmo? Se tomar a série como base, eu não duraria mais de uma hora no passado, mesmo com antibióticos kkkkk

    • Anelise

      Sim, ainda bem que a pedra não funcionou, hahahaha, não acho que eu duraria muito também!! Ainda mais com essa nossa saúde frágil de pessoas do século XXI. Sem chances pra nós!!!
      Obrigada por ler e comentar!!! 😀

  21. Juliane

    Parabéns pelo texto, além de muito interessante seu sendo de humor na escrita é bem contagiante…rs
    Estou na 2 temporada de Outlander e me veio questões sobre a existência de Craigh na dun…enfim!
    Ótimo post, e pode ter certeza que eu no seu lugar restaria tds as pedras sem dúvida não custa nada tentar não é mesmo? rs

    :*

    • Anelise

      Obrigada, Juliane!! 🙂
      Não custa mesmo, mas ainda bem que estavam pifados, porque depois pensei melhor e, bom, melhor não, né?! hahaha!! Bjos!

  22. Ri b

    Parabéns pelo texto! Sou fã de outlander, aguardo ansiosamente a 3ra temporada e já quero conhecer a Escócia! Muito divertido teu texto e muito esclarecedor!

  23. Daniella Neves

    Ameeeei! Queria ter ido com vc kkkkkk. Ia agarrar as pedras até chegar em outro lugar, ou cair dura mesmo rsrs. Colocarei essas dicas nos planos de férias. Bjs

    • Anelise

      Vem mesmo, não custa continuar tentando, vai que depende da conjunção certa de alinhamento dos astros…. 🙂 Bjos!

  24. Márcia Lunas

    Nossa nunca uma série mexeu tanto comigo como Outlander. Estou tão apaixonada que vira e mexe estou aqui na net, pesquisando sobre os lugares, os atores, sobre a Escócia e os highlander… dai me deparo com essa matéria deliciosa, adorei a maneira como escreve, torna o assunto tão interessante que não dá vontade de parar de ler. Parabéns!

  25. Jessica

    Olá! Acabei de assistir a série e estou fascinada.. Coisas místicas fazem muito sentido para mim! Obrigada por dividir sua experiência!

    • Anelise

      Oi Jessica,
      Obrigada você por ler e comentar, fico muito feliz com esse feedback!

  26. cleo

    Amei esse post e pelo visto quero ler o blog inteiro.
    Estou num estado de êxtase com a série Outlander e me motivou mais ainda para saber mais sobre a Escócia… mas nem faço ideia de como e nem por onde conhecer esse país. Eu já me sentia atraída pelo clima úmido e verde, agora então, me vejo viajando para lá.
    Vou continuar lendo você…

    • Anelise

      Oi Cleo, obrigada!!
      A Escócia é apaixonante mesmo, tem muita coisa linda pra ver, principalmente em paisagens úmidas e verdes, hahaha, então você vai adorar!
      Abraços!

  27. maria helena

    menina adorei o texto, agora vou assistir a 3ª temporada, adoro

  28. Ana Luiza

    Menina, que texto maravilhoso! ahahhahaa Sinto de longe a mesma sensação que vc quando vejo lugares e historias assim, parece que eu já vivi tudo isso em outro tempo, outra época! e os meus gostos só me confirmam ainda mais! Ahooo minha irmã

    • Anelise

      Obrigada, Ana Luiza!
      Eu nem me sinto muito desta época moderna mesmo, hehehehe.
      Bjos!

  29. Lívia

    ameeei

  30. Roselene Lima

    Nossa…mas você é mesmo persistente! Percorrer aquele caminho gelado até Tyrebagger , pular o portão do vizinho e não experimentar a sensação de ser transportada à outra dimensão foi uma maldade…Eu estou aqui do Brasil com uma enorme vontade de me aventurar por toda essa cultura. Beijos!!

    • Anelise

      Hahahahaha, verdade, tanto esforço pra nem uma viagenzinha básica no tempo… sacanagem!!!
      Beijos!!

  31. Suzane

    Eu amei seu texto, a história do holandês é nossa tenho pena desse homem, sinceramente se eu não tivesse ouvido essa história e tivesse lá no lugar dele, provavelmente eu teria pegado um pedra também e teria trago pra casa como lembrança também, mas bom ainda bem que li seu texto né RS, enfim amei as fotos espero ler mais sobre suas viagens.

    • Anelise

      Hahaha, sim, coitado do holandês, acho que esse nunca mais tira pedra de lugar nenhum!!
      Obrigada, Suzane, por ler e comentar!! 😀
      Abraços!!

  32. IARA ANTONIA LOPES

    Boa Tarde! Quando assisti a série Outlander não me imaginava tão fã, que acabei pesquisando tudo o que pudesse para interagir com esse PAÍS MARAVILHOSO…a Escócia, indo e vindo nos sites e imagens encontrei seu blog criativo e respondendo as curiosidades que me faz viajar no tempo. Adoro coisas do passado tenho muitas curiosidades sede de saber mais e mais. Então agradeço a você que gentilmente mata algumas de minhas curiosidades. Me apaixonei pela Escócia. Sonho em poder um dia conhecer.

    • Anelise

      Oi Iara!! Obrigada você, por ler e comentar com elogios. Que coisa boa ter esse retorno!! Espero que você venha sim, a Escócia é apaixonante! <3
      Beijos!

  33. Luciana

    Amei sei texto, Obrigada por compartilhar sua experiência!

  34. RONALDO MIRANDA

    Parabéns pelo seu texto! Adoraria que uma mulher como a Claire viesse do passado e me encontrasse.

  35. luana

    Nossa! Adorei sua experiência!
    Incrível!

  36. Dani Bauer

    Adorei o texto, como sempre me fez rir. Deus me livre viajar pra séculos atrás, não imagino a vida sem saneamento básico e internet. Deixa pra ficção. Adoraria ir num lugar desse pra meditar

    • Anelise

      Hahahaha, sim, também não faço muita questão de voltar no tempo. Ainda mais para um tempo sem aquecimento. Seria um sofrimento, por aqui. Beijos!

  37. ANDREA SILVIA MARQUES

    A Escocia esta no meu roteiro do ano que vem , fui para Irlanda ano passado e é bem isso , tudo é lindo , o lugar , as historias , o povo , o frio , alias , eita parte do mundo linda!!!

    • Anelise

      Escócia e Irlanda são muito parecidas, tanto em cultura quanto em natureza. Adoro também! <3

  38. June

    Delícia de texto! Gostoso de ler do início ao fim. Parabéns e obrigada por proporcionar o “caminho das pedras” na busca de informações sobre os Circulos.

  39. Luana Aquino

    Amei! Louca pra conhecer a Escócia. Depois da série mais curiosa eu fiquei. Juntar grana pra ir

Deixe uma resposta

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén