O monstro do Lago Ness

Há muito tempo atrás (muito mesmo!), a parte norte da Escócia fazia parte do que hoje é o Canadá, mas se separou daquele continente, deslocou-se pelos mares e se uniu à parte sul da Escócia. No meio, ficou o Lago Ness. Dizem as más línguas que, antes do choque, todos os monstros fugiram para o mar, mas Nessie era distraída e ficou presa ali.

unnamed

Imagem retirada do livro infantil de R. Brassey: “Nessie – The Loch Ness Monster”.

fdsfdfds

Mapa da Escócia de hoje. 

Nessie é como os escoceses carinhosamente chamam o famoso Monstro do Lago Ness. Que, aliás, para eles, é uma monstra.

O Lago Ness é o maior lago de toda a Grã-Bretanha. Ele é comprido e super profundo. Tem mais água nele do que em todos os outros lagos da Escócia,  Inglaterra, e País de Gales juntos.

Unknown

Na beira do Lago, fica o Castelo de Urquhart. Ele está praticamente todo em ruínas, mas é um dos mais visitados da Escócia, justamente por sua localização.

View_to_north_over_Urquhart_Castle

O primeiro relato de alistamento de um monstro nesse lago é do século XI, quando São Columba relatou ter salvo um local do monstro, ordenando que ele voltasse às profundezas do Ness.

Mas o primeiro relato autenticado de alistamento oficial é de 1880. Um mergulhador profissional foi contratado por uma seguradora para localizar um barco que havia naufragado no lago, e relatou ter visto uma criatura gigante que se assemelhava a um réptil marinho. Ele ficou tão assustado que se encerrou de imediato o trabalho, voltou à superfície e nunca mais mergulhou no lago.

Daí em diante os relatos se multiplicam. Existem várias fotos de épocas diferentes, como essa, dos anos 50:

ness-1955_2887226k

E essa, tirada por um mergulhados, embaixo d’água, dos anos 70:

ness-1972_2887223k

Outra dos anos 70:

34

Todos os anos são registrados dezenas de relatos e avistamentos de algo estranho nas águas do Ness. Mas em 2013, curiosamente, não houve nenhum alistamento registrado de Nessie. O único outro ano sem avistamentos foi 1925.

Um tempo atrás, usuários do Google Street View localizaram uma imagem de satélite de uma macha no Ness que intrigou as pessoas:

££-Satellite-image-showing-what-could-be-the-Loch-Ness-monster

fdsfdsfdfdfd

O Google Street View criou um ícone personalizado da Nessie para quando se acessa o mapa da região:

ness-monster-icon_3273593b

Recentemente, o sonar de um barco detectou o que seria um objeto grande se movendo no fundo do lago, e a imagem foi bastante divulgada na mídia:

article-2617602-1D7DE39600000578-514_634x465

Muita gente acredita que o monstro é na verdade um plesiossauro, e que os avistamentos ao longo dos anos não são do mesmo monstro, mas dos descendentes do monstro original. Eles seriam sobreviventes do meteoro que extinguiu os dinossauros, e teriam escapado da mesma sorte por serem animais de águas muito profundas. Esse seria também o motivo de os avistamentos serem raros, pois eles vivem escondidos em profundidades abissais. Existem lendas de monstros parecidos em outros lagos de águas muito profundas ao redor do mundo, como na Rússia, na Islândia e até na Patagônia argentina, o que reforça essa teoria.

Outros preferem acreditar que os avistamentos são causados pelo whisky escocês, ou pelas ondulações características do Lago, que causariam uma esp´cie de ilusão de ótica.

Seja como for, a Nessie é a criatura mais famosa da Escócia, já foi tema de muitos livros, protagonista de filmes, e tem um parque só pra ela, o Nessieland.

E a Disney fez recentemente uma animação curta sobre a Nessie:

Seja Nessie real ou não, todas essas histórias dão um ar especial ao local, e é irresistível ficar olhando para o lago em busca de algo diferente. Eu já fui várias vezes, mas nunca vi nada suspeito, apesar de ficar sempre de olho…

E você, o que acha? Nessie é real? Qual a sua teoria?

 

 

Anteriores

10 Castelos escoceses famosos para colocar na sua lista

Próximo

14 coisas que fazem da Escócia o país mais legal do mundo

2 Comentários

  1. neusa mari

    Realizei passeio de barco ,varias fotos e não tive a ventura de encontrá-lo ou encontrá-la ,Voltarei explorar o lago Ness.

    • Anelise

      Neusa, também não tive a felicidade de ver nada suspeito, mas é inevitável ficar com os olhos grudados na água, procurando, né?! Amo esse lugar!!

Deixe uma resposta

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén